domingo, 11 de julho de 2010

tem fé que move até montanhas...


Deus não joga aos dados”. Assim dizia uma das mentes mais brilhantes que o mundo conheceu. Apercebeu-se Einstein da maravilhosa precisão a que obedece a vida e o que nela é abarcado. Nada é deixado ao acaso porque há esta eterna, inerente e misteriosa interligação de todos a tudo e de tudo a todos. Hoje relembrei este ensinamento. Hoje comprometi-me a não esquecer a minha responsabilidade no funcionamento do Universo.

Achamos que andamos para aqui sozinhos a tentar descobrir formas de passar um e mais outro dia com o mínimo de sofrimento possível. Fazemos por cumprir os nossos deveres parentais, familiares e profissionais na esperança que não hajam grandes surpresas e que o curso normal das coisas se cumpra.O problema são os imprevistos. Aqueles pequenos detalhes com os quais não contávamos e que nos estragam o plano. A ponta solta que estraga o desenho perfeito.

O pior é que não desaparecem com o estalar de dedos ou num abrir e fechar de olhos. Não. Temos mesmo de os resolver. Por vezes não vemos como. Por vezes não depende só de nós. Por vezes parece que fomos amaldiçoados!

Mas nada disto é verdade. A roupa é-nos sempre dada conforme o frio.
Quando a visão se turva pelo negrume dos maus pensamentos e quando a solução se esconde por detrás do desespero, proponho que falem e digam o que vos vai na alma. Certamente que um Criador que nos oferece o nascer do sol, o barulho das ondas e o cheiro do mar, o sorriso das crianças e o café, terá interesse em ouvir o que temos a dizer. Talvez esteja à espera disso mesmo.

Não custa experimentar.Sentem-se, deitem-se, ajoelhem-se ou escolham a posição que entenderem e religuem-se. Sejam religiosos: restabeleçam a ligação.
Chorem, peçam, reclamem se acharem que está difícil de suportar, mas acima de tudo, ACREDITEM que estão a ser ouvidos.

Hoje chorei. Pedi também. Não reclamei porque não tenho motivos. Pedi desculpa por todas as oportunidades que perdi em ser melhor. Fui o mais honesta possível neste diálogo, ao ponto de tomar consciência de como tenho sido negligente comigo. E chorei mais um pouco…

O milagre aconteceu-me. De modo estranhamente inesperado o meu problema, grave, foi dissolvido pela magia do Amor de um Pai que não se cansa de me dizer que tudo o que tenho de fazer é pedir…

Obrigado. Obrigado. Obrigado.
Que a minha experiência vos encha de esperança.

Se o Maninho estivesse vivo agora e me lendo, muito provavelmente ele me ligaria e cantaria pra mim uma cação que diz assim...

Graças Pai


" O que me fascina em Jesus não é só a capacidade
de ressucitar os mortos,
de curar os cegos ou os paralíticos,
o que me fascina Nele é a sua capacidade
e a coragem de dizer que Deus é Pai,
um Pai que tem preferência pelos piores
homens e mulheres deste mundo.
Um Pai que ama os que não merecem ser
amados, que abraça os que não merecem ser abraçados
e que escolhe os que não merecem ser escolhidos.
Um Pai que quebra as regras ao nos desconcertar
com seu amor tão surpreendente,
um Pai que não quer se ocupar com os erros
que você cometeu até o dia de hoje.
Porque o amor que Ele tem por você,
é um amor cheio de futuro.
Ele não está preso ao seu passado
e a Ele não interessao que você fez ou deixou de fazer de sua vida.
A Ele o que importa é o que você ainda pode fazer."


Graças, Pai. Hoje venho te dar e prostrar-me aos Teus pés
somente para agradecer-Te, somente para dar-Te graças
pois não encontro outras palavras em meu ser

Graças, Pai. Sei que Te fiz chorar
por ser um mal-agradecido, por não haver Te obedecido
mesmo assim me tens amado, não me tens abandonado
permaneces ao meu lado, venho agradecer

Graças, Pai, por amar-me numa cruz, com amor incomparável
em Teu filho Jesus
Graças, Pai, por Teu amor e Tua bondade, por Tua força e amizade
por seu um Pai leal, sempre leal

"Pode ser que você hoje também necessite
ser olhado por Deus com olhos de
amor, eu sei que não é fácil a gente conviver com os nossos defeitos,
mas desafie-se! Desafie-se a pensar que Deus ainda acredita em você,
e se Ele ainda acretida, quem sou eu pra duvidar agora."


Graças, Pai, pelos pequenos e belos detalhes
por cada coisa que me deste, por cada coisa que me negaste
mais que isto, graças, Pai, por Ti mesmo e pelo que És
por Ti mesmo e como És, venho agradecer

Graças, Pai, pelas dores e alegrias, por estar sempre ao meu lado
por Teu grande amor, meu Senhor
Graças, Pai... Graças, Pai...
Graças, graças, graças


Oww amigo, hoje voltando da baladinha, passei em frente a tua casa e me deu uma vontade de agradecer por tudo que tenho, por tudo que sou e por você ter feito parte da minha história, e muito de mim que aqui ficou. Minha gratidão contigo é tão grande que tenho que te agradecer também, por ter plantado uma semente boa dentro do meu coração. E em um momento tão único. Vou dormir e o sentimento que preenche o meu momento é uma saudade imensa e uma gratidão sem fim... Obrigada por ter acreditado em mim, quando nem eu mesma fui capaz. Desculpa por todas as minhas faltas e continua cuidando de mim desse seu endereço celeste, porque as coisas aqui em baixo pesam tando de vez em quando, não que eu esteja me queixando. Cada um que abrace a sua cruiz pra encontrar sua redenção. E eu acolho demais as minhas, mesmo quando caio e me arrebento por inteira. Me ajuda a nunca desistir, viu? Boa noite e obrigada por se fazer presente mesmo que de uma outra forma agora!!!

Boa noite e bom dia a todos!!!!

Su

Um comentário:

  1. Graças Pai é top de linha, uma das minhas músicas prediletas.... =)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...